CARBALLIDO, X. F. Sobre os limites didáticos dos falsos amigos espanhol-português. Diacrítica, [S. l.], v. 32, n. 2, p. 467–484, 2019. DOI: 10.21814/diacritica.450. Disponível em: https://revistas.uminho.pt/index.php/diacritica/article/view/5149. Acesso em: 21 abr. 2024.