O serviço de alojamento de revistas UMinho é um dos serviços oferecidos pela UMinho Editora à comunidade académica e científica e consiste numa plataforma de gestão editorial de revistas científicas e académicas, baseado na plataforma Open Journal Systems, um software open source com uma ampla aceitação na comunidade internacional.

O sistema permite realizar a gestão editorial das revistas científicas, de forma ágil e eficaz, seguindo as tendências de apoio à publicação disponibilizadas pelas editoras académicas de todo o mundo.

Revistas

  • Anthropocenica. Revista de Estudos do Antropoceno e Ecocrítica

    A Anthropocenica. Revista de Estudos do Antropoceno e Ecocrítica é uma publicação académica anual que tem como principal objetivo divulgar material bibliográfico original e inédito sobre temas e problemas relevantes nos domínios dos Estudos do Antropoceno e da Ecocrítica.

  • Comunicação e Sociedade

    Comunicação e Sociedade é uma revista científica da área das Ciências da Comunicação, tendo Moisés de Lemos Martins por Diretor/Editor. Publicada desde 1999, esta revista tem um rigoroso sistema de arbitragem científica e é publicada duas vezes por ano (junho e dezembro). Aderiu ao sistema OJS em 2012 e publica textos em português e em inglês desde 2013. O conselho editorial da Comunicação e Sociedade integra reputados especialistas das Ciências da Comunicação de diversos pontos do mundo.


    A revista Comunicação e Sociedade (e-ISSN 2183-3575/ ISSN 1645-2089) é uma publicação do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho e é financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Está indexada em diferentes plataformas e bases de dados de revistas científicas, tanto de âmbito nacional como internacional [SCOPUS, SCIELO, ERIH Plus, Avaliação Qualis Capes (B1), Latindex (Catálogo), MIAR (ICDS = 9.8), DOAJ, entre outros].

  • Revista 2i: Estudos de Identidade e Intermedialidade

    A Revista 2i é uma revista científica semestral publicada pelo Grupo de Investigação em Identidade(s) e Intermedialidade(s) (Grupo2i) do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho (Portugal) que decorre da atividade desenvolvida pelo Grupo, ao longo de vários anos, no âmbito de dois domínios de conhecimento — os estudos sobre identidade humana, individual e sócio-cultural, e os estudos intermediais — cuja interação se tem revelado particularmente profícua. Além de divulgar o trabalho desenvolvido pelo Grupo, a revista acolhe igualmente a colaboração de especialistas, investigadores doutorados e estudantes de pós-graduação, nacionais e internacionais, nos principais domínios de estudo da publicação.

  • Forum

    A Revista FORUM tornou-se o órgão oficial do Conselho Cultural da Universidade do Minho em 1987 e foi criada com o propósito de dar conta das iniciativas, projetos, realizações das Unidades Culturais e com o intuito de estabelecer um vínculo de cooperação entre elas.

  • H2D|Revista de Humanidades Digitais

    Encarando as Humanidades Digitais como uma transdisciplina, a Revista H2D insere-se num novo paradigma de atuação em que o digital se assume como elemento catalisador de novos métodos e práticas de produção e de aplicação do conhecimento no âmbito das ciências sociais e humanas (Linguística, Literatura, Cultura, Filosofia, História, etc.).


    Neste contexto de diálogo transdisciplinar, esta revista convida a comunidade académica e não académica a submeter trabalhos científicos, relatos de experiências/projetos pedagógicos, e apresentações de recursos/ferramentas tecnológicos e outros contributos que promovam a valorização das Humanidades através de um compromisso heurístico com a tecnologia. Estes trabalhos serão publicados em dois volumes anuais, um por semestre.

  • Perspectivas - Journal of Political Science

    Perspectivas - Journal of Political Science is an online double-blind peer reviewed journal published by the Research Center in Political Science (CICP), an R&D unit belonging to University of Minho and University of Evora, both Portuguese Institutions. The journal invites submissions from established academics as well as early career researchers whose work may bring unpublished, innovative and significant theoretical, conceptual, methodological and empirical contributions to the fields of Political Science, International Relations and Public Management and Policy.

  • Physis Terrae - Revista Ibero-Afro-Americana de Geografia Física e Ambiente

     A “Physis Terrae - Revista Ibero-Afro-Americana de Geografia Física e Ambiente” constitui-se como um veículo internacional de publicação, destinado à divulgação de trabalhos de excelência no âmbito das diferentes áreas da Geografia Física, especialmente na sua vertente mais aplicada aos estudos Ambientais. Com esta revista, cria-se um espaço privilegiado de aproximação entre pesquisadores Ibero-Afro-Americanos, com a finalidade de divulgação das pesquisas e reflexões do mais alto nível científico, realizadas especialmente dentro dos Centros de Investigação, Laboratórios de Pesquisa e Programas de Pós-Graduação de universidades ibéricas, africanas e latino-americanas.


    São aceites textos em língua Portuguesa, Espanhola, Francesa e Inglesa, sendo que todos os artigos submetidos são avaliados por especialistas da área, num processo de double-blind review, dentro das seguintes seções:



    • Conceitos e Métodos em Geografia Física e Ambiente

    • Biogeografia e Paisagem

    • Climatologia e Dinâmicas da Atmosfera

    • Geomorfologia e Dinâmicas Superficiais

    • Geoconservação e Património Natural (geopatrimónio)

    • Mudanças Ambientais e Riscos

    • Recursos Hídricos e Gestão de Bacias Hidrográficas

  • Revista Lusófona de Estudos Culturais

    Revista Lusófona de Estudos Culturais (RLEC)/Lusophone Journal of Cultural Studies (LJCS) (e-ISSN: 2183-0886, ISSN: 2184-0458) é uma revista temática da área dos Estudos Culturais. Publicada desde 2013 no sistema OJS, esta revista de acesso aberto tem um rigoroso sistema de arbitragem científica e é publicada em português e em inglês duas vezes por ano (junho e dezembro). De 2013 a 2016 foi publicada pela Universidade do Minho e Aveiro, em conjugação com o Programa Doutoral em Estudos Culturais. Em 2017, passou a ser publicada, exclusivamente, pelo Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho. O conselho editorial da RLEC integra reputados especialistas dos Estudos Culturais, de diversos pontos do mundo. 

  • UNIO – EU Law Journal

    UNIO – EU Law Journal é uma revista eletrónica de livre acesso com arbitragem científica/peer review (blind referee system). Surge no âmbito da Cátedra Jean Monnet intitulada “Citizenship of rights: European citizenship as the fundamental status of nationals of the Member States” e conta com o suporte científico do Centro de Estudos em Direito da União Europeia – CEDU (www.cedu.direito.uminho.pt), Universidade do Minho, Portugal.


    UNIO pretende publicar textos de elevada qualidade científica que impulsionem a produção de conhecimento no domínio do direito da União Europeia. UNIO aceita artigos inéditos, apenas em língua inglesa, que não estejam a ser avaliados noutro contexto no momento da submissão. Tratando-se de uma revista eletrónica bilingue (Inglês/Português), e caso o autor assim o deseje, o texto selecionado será publicado em ambos os idiomas, desde que o autor providencie a tradução para a língua portuguesa ou assuma os custos da mesma.

  • Vista

    A Vista (e-ISSN 2184-1284) é uma revista científica de Cultura Visual, tendo Moisés de Lemos Martins por diretor e como diretor adjunto um membro eleito pelo Grupo de Trabalho de Grupo de Trabalho de Cultura Visual da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (Sopcom). Publicada desde 2017, esta revista tem um rigoroso sistema de arbitragem científica (revisão duplamente cega por dois revisores externos). A revista é semestral (janeiro-junho e julho-dezembro), mas segue a modalidade de publicação contínua, sendo publicada em Português e em Inglês. A revista foi criada em 2015 pelo Grupo de Trabalho de Cultura Visual da Sopcom e, no segundo semestre de 2020, passou a ser editada pelo Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS), do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho. O conselho editorial da Vista integra reputados especialistas da Cultura Visual de diversos pontos do mundo.


    A Vista é financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), sendo parte do Projeto Plurianual do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade 2020-2023.