RPGs digitais educativos produzidos pelo grupo de pesquisa REDE-EDUCA: Uma breve descrição de suas metodologias e aplicabilidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21814/h2d.2547

Palavras-chave:

jogos educativos digitais, RPG digital, socioconstrutivismo, pesquisa baseada em design, Vygotsky

Resumo

Este artigo trata a metodologia, a aplicabilidade e a relevância dos jogos de RPG digitais produzidos pelo grupo de pesquisa REDE-EDUCA da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). O seu objetivo é compreender estes recursos digitais educativos de maneira pedagógica e crítica, analisando-os desde a época em que o RPG foi criado. O diferencial desses jogos educativos está baseado nas teorias vigotskianas e nas abordagens metodológicas Design-Based Research (DBR) que possibilitam a formação de instrumentos lúdicos que mediam a resolução de problemas por intermédio de planejamento de ações e tomadas de decisões. Além disso, este estudo lista alguns dos RPGs desenvolvidos pelo grupo, trazendo à tona seus contextos e suas finalidades, na qual cada um traz enredos diferentes, mas com um mesmo propósito: desenvolver nos jogadores a reflexão e a criticidade sobre o tema abordado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Alves, K., & Silva, F. de P. S. da. (2016). Jogo Role Palying Game (RPG) digital para formação em Turismo de Base Comunitária: uma experiência de EAD informal e voltada para o desenvolvimento de tecnologia social. 17o CIAED - Congresso Internacional ABED de Educação a Distância, 1–9.

Cabalero, S. da S. X. (2019). Modelo de análise socioconstrutivista para compreensão do processo de aprendizagem mediado pelo Role Playing Game (RPG) digital. Repositório Institucional – Universidade Federal da Bahia.

Cabalero, S. da S. X., & Matta, A. E. R. (2006). O jogo RPG visto como uma comunidade de aprendizagem. http://www.comunidadesvirtuais.pro.br/seminario2/trabalhos/suelixavier_alfredoeurico.pdf

Castells, M. (2018). A sociedade em rede (19ª ed.). Paz e Terra.

Japiassu, R. O. V. (2001). Criatividade, Criação e Apreciação Artísticas: a atividade criadora segundo Vygotsky. In M. Vasconcelos (Ed.), Criatividade: psicologia, educação e conhecimento do novo (pp. 43-58). Moderna.

Matta, A. E. R. (2006). Tecnologias de aprendizagem em rede e ensino de história: utilizando comunidades de aprendizagem e hipercomposição. Liber Livro.

Matta, A. E. R. (2011). Desenvolvimento de metodologia de design socioconstrutivista para a produção do conhecimento. In Saberes plurais, difusão do conhecimento e práxis pedagógica. EDUFBA.

Matta, A. E. R., Silva, F. de P. S. da, & Boaventura, E. M. (2014). Design-based research ou pesquisa de desenvolvimento: metodologia para pesquisa aplicada de inovação em educação do século XXI. Revista Da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade, 23(42).

Mesquita, J. P. (2018). Ensino de História e jogos digitais: experiência com RPGad para ensino da Independência do Brasil na Bahia. Repositório Institucional – Universidade Federal da Bahia.

Nunes, N., Oakley, I., & Nisi, V. (2017). Interactive Storytelling. Springer Publishing Company.

Oliveira, M. K. de. (2001). Vygotsky - aprendizado e desenvolvimento: um processo sócio-histórico. Scipione.

Petry, A. S. (2016). Jogos Digitais e Aprendizagem: algumas evidências de pesquisas. In L. Alves & I. Coutinho (Eds.), Jogos Digitais e Aprendizagem: fundamentos para a prática baseada em evidências. Papirus.

Santana, F. (2016). Rpg Digital E Segurança Pública: Uma Proposta De Aplicação Pedagógica Para Instrução Policial Militar. Repositório Institucional – Universidade Federal da Bahia.

Santos Filho, I. M. (2018). Construção de Jogos Educacionais (Rpg) para a Aprendizagem de Convivência entre Sujeitos com Religião e Patrimônio Simbólico Diversos: Dialogando com os Caminhos Espirituais. [Dissertação de mestrado, Universidade do Estado da Bahia]. Repositório Institucional - Universidade do Estado da Bahia.

Vygotsky, L. S. (2001). A construção do pensamento e da linguagem (1.ª ed.). Martins Fontes.

Vygotsky, L. S. (2007). A Formação Social da Mente: o Desenvolvimento dos Processos Psicológicos Superiores (7.ª ed.). Martins Fontes.

Downloads

Publicado

2020-06-30

Como Citar

Santos, L. ., Santos Filho, I., & Matta, A. (2020). RPGs digitais educativos produzidos pelo grupo de pesquisa REDE-EDUCA: Uma breve descrição de suas metodologias e aplicabilidades. H2D|Revista De Humanidades Digitais, 2(1). https://doi.org/10.21814/h2d.2547