Notícias

CHAMADA DE ARTIGOS: H2D, vol. 3, n.º1

2021-03-01

A digitalização do Próximo Oriente Antigo: Desafios e Oportunidades

Humanidades e ciência costumavam ser uma só, era apenas conhecimento. Aristóteles decidiu separar o conhecimento em techné e epistemos. Com o tempo, as humanidades e a ciência tornaram-se uma dicotomia, particularmente durante a Idade Moderna. Hoje em dia, a ciência e as humanidades estão novamente juntas sob o guarda-chuva das humanidades digitais. É um campo relativamente jovem, embora a investigação digital e as suas aplicações existam desde os anos 40, com o advento do computador moderno. O acesso à tecnologia e ao poder computacional mudou completamente desde o surgimento do smartphone, que entrou nas nossas vidas há apenas cerca de dez anos. Uma nova geração de estudiosos das humanidades aproveita mais do que nunca o poder da computação moderna para o estudo de vidas antigas. No entanto, a experiência do utilizador e a aplicação metódica no campo crescente das humanidades digitais são duas coisas diferentes. Muitos estudiosos experimentam novas tecnologias com muito poucos resultados no seu trabalho, enquanto outros metodicamente constroem sistemas e condutas de algoritmos que nunca se materializam na sua aplicação real no campo. Esta divisão crescente entre saber o que se precisa e atingir o ponto de aplicação prática é muito raramente tratada pelo actual fluxo de workshops e conferências de humanidades digitais.

Esta chamada de artigos para um volume especial da Revista H2D é dedicada à aplicação de ferramentas digitais em projetos relacionados com a história antiga, cultura material, e textos no Antigo Oriente Próximo. Convidamos estudiosos internacionais de estudos cuneiformes, humanidades digitais, arqueologia do Próximo Oriente, história antiga, e ciência da computação a darem os seus contributos para as seguintes questões nas suas respetivas áreas:

- A aplicação de algoritmos e tecnologias recentemente desenvolvidos.

- Tecnologia ao serviço da erudição - o que é que a tecnologia nos pode ensinar que não podemos aprender sem ela?

- Alcance e influência dos utilizadores pretendidos (comunidade académica, o público em geral, outros).

- Decidir o formato certo para os seus dados e utilizá-los para análise de textos e artefactos (SQL, JSON, TEI/XML, etc.).

- Direitos de autor vs. fontes abertas.

Obviamente, os temas e questões levantados tentam alcançar um âmbito alargado, mas gostaríamos que cada participante os abordasse a partir da perspectiva das disciplinas acima mencionadas, no que diz respeito ao seu impacto nos estudos do Antigo Oriente Próximo no século XXI.

 

Prazo de submissão: 31 de abril de 2021

Normas de submissão: https://revistas.uminho.pt/index.php/h2d/about/submissions

Formulário de submissão:  https://revistas.uminho.pt/index.php/h2d/login

Editores: António de Freitas antonio.defreitas@ilch.uminho.pt

                Shai Gordin  shygordin@gmail.com

 

Ler mais sobre CHAMADA DE ARTIGOS: H2D, vol. 3, n.º1

Número Atual

Vol. 2 N.º 1 (2020): Recursos educativos digitais
					Ver Vol. 2 N.º 1 (2020): Recursos educativos digitais

Editoras:

M.ª Luz Castro Pena (Universidade da Coruña)

Nereida Rodríguez-Fernández (Universidade da Coruña)

Iria Santos López (Universidade da Coruña)



Assistentes editoriais (responsáveis pela revisão de texto e edição de produção):

Ana Correia

Ana Marcella de Carvalho

Eliane Silveira

Fabíola Piovesan

Luís Gonçalves

Publicado: 2020-06-30

Artigos

Ver Todos os Números